4 de mai de 2012

EUGÉNIO DE ANDRADE


É uma rosa amarela.
Uma rosa de verão.
Sempre uma rosa em botão
estava posta à janela.
Quem mora naquela casa
certamente que sabia
quanto essa rosa em botão,
seja branca ou amarela,
perfuma todo o verão.

Eugénio de Andrade


Nenhum comentário:

Postar um comentário