14 de mar de 2009

CENA DA INFÂNCIA...


CENA DA INFÂNCIA...

Ah, aquele cacto retorcido
sugando gotas de orvalho
caídas da boca da noite...

Criar borboletas noturnas
foi minha primeira ternura...

Havia prenúncio de trégua
e a esperança da primavera
naquela borboleta branca
(uma bandeira de paz)
hasteada no mastro da flor
vermelha...

A. Estebanez

Nenhum comentário:

Postar um comentário