16 de nov de 2009

VEIO UM TORPOR E ME SELOU A MENTE



Veio um torpor e me selou a mente;
Sem temores humanos,
Pareceu-me que ela era indiferente
À passagem dos anos.

Agora não se move, a força é gasta;
Não houve, enxerga ou canta;
A rotação terrestre a rola e arrasta
Com rocha, e pedra, e planta.


William Wordsworth
in Poesia Selecionada



WILLIAM WORDSWORTH

Poeta britânico nascido em Cockermouth, Cumberland, norte da Inglaterra, em 7 de abril de 17 e falecido em 23 de abril de 18. Foi um dos primeiros românticos ingleses, ao lado de Samuel Taylor Coleridge (1772-1834) e Robert Southey (1774-1843).
O segundo dos cinco filhos de John Wordsworth, e irmão da também poeta Dorothy Wordsworth. Órfão de mãe (1778) foi internado pelo pai na Hawkshead Grammar School, onde formou sua educação básica e média.

Apoiado pelos parentes maternos, entrou no St John's College, em Cambridge (1787) e viajou pelo continente (17-1792), especialmente França, Suíça e Itália, e manteve estreitos contatos com os revolucionários franceses. Apaixonou-se (1791) pela francesa Annette Vallon, e (1792) e juntos tiveram Caroline.

Por causa das tensões políticas entre França e Inglaterra, o casamento não pode ser realizado e ele voltou sozinho ao seu país. Escreveu It is a beauteous evening, calm and free (1792) em homenagem as duas francesas de seu coração que o reino de terror republicano separou e, assim, ele não pode revê-las por vários anos. Graduou-se com distinção (1793) e fixou residência em sua terra natal, Lake District, no norte da Inglaterra, onde havia nascido, e passou a se dedicar à poesia.

Recebeu uma herança de Raisley Calvert (1795), o que lhe permitiu viver dedicando-se exclusivamente a produção literária. Conheceu o também poeta Samuel Taylor Coleridge, em Somerset, e logo desenvolveram uma sólida amizade.
Mudou-se com a irmã Dorothy (1797) para Alfoxton House, Somerset, onde ele, Dorothy e Coleridge, passaram a trabalhar juntos. Em seguida (1798) viajou com a irmã e Coleridge para a Alemanha, onde tomou contato com a incipiente poesia romântica.

O trio então publicou Lyrical Ballads (1798), um dos marcos iniciais do romantismo inglês. Voltou a morar em Lake District e, em seguida, escreveu The Prelude (1799-15), longo poema autobiográfico sobre sua infância, só publicado postumamente por sua viúva.

Depois do Peace of Amiens novamente pode viajar à França (12) e junto com sua agora inseparável irmã, Dorothy, visitaram Annette e Caroline, para as quais garantiu a assistência devida. Na volta casou-se (13) com uma amiga de infância, Mary Hutchinson, com quem teria cinco filhos, e Dorothy continuou a morar com o casal.

Apegado à natureza, conservador e anglicano, à linguagem coloquial e aos temas simples, entre seus livros destacara-se Poems, 2 vol. (17), The Excursion (1814),
The River Duddon (18), Ecclesiastical Sonnets (1822), uma coleção de 2 sonetos em homenagem à Igreja Anglicana.

Recebeu muitas homenagens acadêmicas e oficiais e morreu em Grasmere, Westmorland, aos anos, e foi enterrado na igreja de St. Oswald's, em Grasmere.

Sua importante geração foi logo obscurecida pela brilhante geração de poetas românticos ingleses seguinte, entre eles Percy Bysshe Shelley (1792-1822) e John Keats (1795-1821).


Dados:Prf. Carlos Fernandes UFCG


Seja bem vindo! Volte sempre e,
por favor, deixe um comentário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário